Arquivo da categoria ‘Florais

Atendimento On-Line com Florais de Bach…O Remédio da Alma   Leave a comment

Em seu maravilhoso sistema, baseado na cura através das essências das flores, quis o Dr. Bach que este fosse de fácil entendimento e aplicação, para que um número grande de pessoas pudesse utilizá-lo.
Neste sistema de cura, os remédios florais são agrupados de acordo com o estado mental/emocional do paciente.

1- PARA OS QUE SENTEM MEDO

2- PARA OS QUE SOFREM DE INDECISÃO

3- FALTA DE INTERESSE NO PRESENTE

4- PARA SOLIDÃO

5- PARA OS QUE SÃO SUCEPTIVEIS A IDÉIAS ALHEIAS

6- PARA O DESALENTO OU DESESPERO

7- EXCESSIVA PREOCUPAÇÃO COM O BEM ESTAR DOS OUTROS

Uma Alternativa Saudável!

Os florais são essências extraídas de flores que atuam no emocional, proporcionando equilíbrio na vida pessoal e profissional. Resgatam a nossa firmeza interior para não sofrermos influências negativas. Harmonizam, para obtermos alegria, esperança, energia, confiança, coragem, força, entusiasmo, paciência, melhorando a nossa relação com a vida.
Os florais tratam as pessoas e não as doenças. Não existem contra indicações. Bebês, crianças, adolescentes, adultos, idosos, animais e plantas são beneficiados pelos Florais, inclusive durante tratamentos convencionais
O atendimento é personalizado e o acompanhamento é contínuo, respeitando sempre suas necessidades até que você consiga aplicar em si mesmo a terapia Floral do Dr. Bach. Aqui você encontra experiência, profissionalismo e sensibilidade para entender suas necessidades, através de atendimentos online.

Veja nosso curso online de Florais de Bach clicando em:
http://leoacristica.wordpress.com/2011/01/15/curso-on-line-florais-de-bach

Conheça as flores e seus efeitos:
http://leoacristica.wordpress.com/2011/01/15/dos-florais-de-bach/  

O atendimento personalizado é feito através do skype evitando assim que a pessoa tenha que se locomover e seja atendida no conforto de seu lar, por essa facilidade, todos podem ser atendidos, morando no Brasil ou não. Entre em contato, agende dia e horário para uma anamnése.

Léa Cristina Ximenes
Facilitadora Universalista

E-mail: ximenes.andrade@gmail.com
Skype: lea.seraphisbey
Telefone: (13) 3477 9813

Comente e compartilhe!
Seja um divulgador da Luz!

Publicado 17/01/2011 por leoacristica em Atendimento On-Line, Florais

Sobre os Florais de Saint Germain   Leave a comment

As sagradas flores Divinamente energizadas nos chegam neste tempo para nos redimir, nos purificar, nos proteger e nos elevar a planos mais elevados de consciência. Certas flores estão trazendo a Misericórdia Divina aos que têm fé, também aos que não têm e estão pedindo, e para todos que no fundo de suas almas começam a sentir falta de algo inexplicável, mais profundo. É um sentimento de saudade “não sei do que” “e não sei de onde”. Esta saudosa e vaga lembrança vindo do âmago de nosso ser, é a ânsia do retorno à nossa origem Cósmica Divina. Este inexplicável sentimento nos indica que é chegado o tempo de nos prepararmos para o retorno de onde viemos, após cumprirmos os propósitos e as realizações de nossa alma aqui na Terra. Mas precisamos estar atentos, porque este retorno poderá ser efetuado somente através do nosso próprio esforço, porém amparados pelo nosso Eu Superior e pelas essências florais. O nosso Eu Interno e as essências florais tem o poder de nos conduzir a misericordiosa e amorosa saída , o fim dos sofrimentos pela cura de nossa alma humana (corpos inferiores), condição básica para continuarmos a galgar nossos degraus na longa jornada de volta a casa do Pai celestial.

Neide Margonari – Julho de 1999
Sintonizadora do Sistema Florais de Saint Germain

Quero deixar aqui a descrição de algumas das mais de oitenta essências do sistema de Floral de Saint Germain, sintonizadas por Neide Margonari. São essências de Luz relacionadas com os Doze Raios Divinos o que significa que, quando tomamos os Florais, estamos ancorando em nosso campo de energia o Raio com o qual está relacionado. Isso é de grande valia na caminhada em direção à nossa própria Luz.

Abundância

Conecta-nos com a energia da abundância e da confiança na providência Divina. Neutraliza emoções negativas e conforta.

 

 

 

Algodão

Refaz a conexão de nossa personalidade com nosso Eu Superior. Essência floral benéfica para pessoas que ocupam cargos em posição de comando. Atua também em nossos corpos físico e sutis reconstituindo partes de nossa aura (fissuras áuricas) que, ficaram danificadas por traumas físicos e psíquicos.

 

 

Allium

Desfaz encantamentos. Traz potente proteção aos ataques de forças psíquicas astrais e conseqüentes vampirismos. É um poderoso desobsessor. Próprio para anular o “mau olhado”.

 

 

Aloe

Trabalha a baixa auto-estima. Para os que foram traídos e carregam o sentimento de desvalorização por se sentirem hostilizados, carregam um sentimento de inadequação, sentimento de negação de sí mesmos, sentimento de solidão.

 

 

Amygdalus

Trabalha os aspectos negativos da personalidade que correspondem ao nono e ao décimo mandamentos: não desejar a mulher ou o homem do próximo e não cobiçar as coisas alheias.

 

 

 

Arnica Silvestre

É uma essência floral emergencial; indicada para as situações em que há o comprometimento dos corpos físico e suprafísicos, para os que sofreram abusos, e aos que abusam na alimentação, nas bebidas e nas drogas.

 

 

Begônia

Essência floral própria aos que estão na senda da espiritualidade. Precisam resgatar a pureza da criança interior para acessar o Oráculo interno e se descobrir.

 

 

 

Bom dia

Para os que têm dificuldade de acordar pela manhã. Quando obrigados a acordar cedo ficam mau humorados e irados o dia todo. Para depressão camuflada.

 

 

 

Capim Luz

Trabalha a limpeza de traumas violentos causados por asfixia. Para estados de desespero e pânico ocorridos em vidas passadas.

 

 

 

Capim Seda

Desfaz o bloqueio do fluxo natural energético que está impedindo a realização dos reais propósitos da alma. Para quando a alma se desviou do seu caminho por interferência de outros, e não encontra mais a saída.

 

 

Cidreira

Para o controle sobre seus próprios pensamentos. Para os que têm uma vida muito sobrecarregada, sentem que não vão conseguir dar conta dos seus afazeres e das suas obrigações; para os que estão vivendo situações de estresse.

 

 

Curciligum

Trabalha o limite. Para os que têm dificuldade de estabelecer o seu limite aos outros.

Dulcis

Tem o poder de limpar certos sentimentos de angustia e de medos indefinidos que carregamos em nosso peito. Traz serenidade e elevação para ver as coisas com clareza, sem dúvidas.

 

Embaúba

Para as crianças, adolescentes e adultos que tiverem dificuldade de lidar com a situação de perda ou de rejeição. Trabalha as mágoas.

 

 

 

Erbum

Trabalha o ritmo. Trabalha a harmonia do ritmo entre a personalidade e a alma dos que perderam a cadência rítimica interna. Estabelece novamente o sincronismo entre a alma e a personalidade.

 

 

Erianthum

Trabalha o egoísmo e a superficialidade. Para os que vivem em constante estado de mau humor, costumam ser teimosos e irados.

 

 

 

Focum

Trabalha a limpeza de traumas de mortes violentas de vidas passadas. Para traumas também sofridos na atual vida. Para bebês agitados e angustiados sem motivo aparente.

 

 

 

Gerânio

Trabalha a depressão, ansiedade e medos que certas pessoas apresentam por causa das dificuldades frente aos desafios normais da vida. Para os que têm dificuldade de ir para a frente.

 

 

Gloxinia

Para os que carregam sentimentos de angustia e de baixa-estima gerados pelo acúmulo de afazeres. Desenvolve a qualidade da organização das prioridades, ajuda na organização mental natural do que deve ser feito.

 

 

Goiaba

Trabalha os medos concretos em geral. Traz coragem para enfrentarmos situações de grande perigo, as grandes provas da alma, ou em situações de muita pressão, e para quando surge o medo da perda do controle.

 

 

Grandiflora

Para os sádicos. Para pessoas que sentem prazer em submeter o outro a requintes extremos de tortura física, mental e emocional.

 

 

 

Helicônia

Para a personalidade narcisista. Trabalha a vaidade e o exibicionismo. Para os que têm medo de perder o que não tem. Para pessoas que estão aprisionadas na malha da ilusão das glórias da ascensão social.

 

 

Incensum

Promove a elevação do nível vibratório. Essência floral de limpeza da aura e dos ambientes. Remove manchas e resíduos (miasmas), energias negativas emitidas por pessoas, por baixas entidades astrais ou por forças psíquicas.

 

 

Ipê Roxo

Para os que não vêm saída nas situações de grandes traumas e estresse. Repõe as energias após situações de grande desgaste físico, mental e emocional. Afasta hóspedes indesejáveis. Traz elevação, poder e visão. Traz a esperança dos sonhos realizados. Fortalecimento do Eu.

 

 

Leucantha

Para os que não perdoam. Ativa o processo de maturação do instinto maternal. Para dificuldade de engravidar. Para o bloqueio da comunicação entre a mãe e a criança, para as crianças rebeldes e inseguras pela falta do elo de ligação com a mãe.

 

 

Limão

Para a personalidade amarga, de índole mentirosa, destrutiva e invejosa. Também para a personalidade que se encontra na polaridade oposta, quando carrega o sentimento da amargura gerado pelo outro.

 

 

Melissa

Traz a energia da alegria, da felicidade e da vontade de ser melhor, vencer obstáculos serenamente, com o pleno controle das emoções e sobre os sentimentos negativos.

 

 

 

Panicum

Indicada para os que perderam o total controle sobre suas mentes e vidas, estão sob constante estado de agitação. Trabalha a síndrome do pânico. Para crises constantes de terror e desespero sem causa consciente.

 

 

Patiens

Traz o entendimento e o desenvolvimento das qualidades da paciência, da flexibilidade e da tolerância. Trabalha o desenvolvimento da perseverança tranqüila, a disciplina interna, a organização mental.

 

 

Pectus

Aciona a energia que ajuda interromper padrões de comportamento repetitivos de submissão e de resignação. Traz a energia para enfrentar.

 

 

 

Pepo

Para as personalidades ávaras, materialistas e muito apegadas aos bens materiais. Geralmente, medrosos e inseguros com relação a sua sobrevivência no dia-a-dia. Equilibra o Chakra Básico.

 

 

Perpétua

Para os que vivenciaram situações de perdas afetivas, queridas e irreparáveis. Para a incompreesão da morte.

 

 

 

Piper

Palavras chave – me sinto travado. Para os que são rígidos e metódicos no seu viver diário, têm hábitos obsessivos, são muito preocupados com detalhes e têm mania de arrumação.

 

 

 

Purpureum

Poderoso floral de limpeza de todos os corpos inferiores. Floral indicado aos que costumam ter atitudes extremadas para conseguir seus intentos. Por exemplo, roubar para conseguir o que almejam.

 

 

Saint Germain

Para a depressão profunda. É a essência floral para os que estão pedindo a misericórdia divina. Indicada para as pessoas que têm seus corpos suprafísicos na sintonia umbralina.

 

 

 

São Miguel

Floral que contém o poder de desmanchar trabalhos de magia negra. O floral São Miguel tem o poder de libertar corpos suprafísicos presos (acorrentados) em subníveis do plano Astral.

 

 

 

Sapientum

Conecta-nos com a energia que aciona as qualidades da sabedoria e da experiência que acumulamos em vidas passadas. Útil à pessoas imaturas, crianças imaturas ou com atrazo em algum aspecto do seu desenvolvimento. Trabalha a impotência sexual e o sensualismo exacerbado.

 

 

Scorpius

Para a personalidade de índole escorpião, que, através de palavras cruéis destila veneno. Estão sempre criticando a tudo e a todos. Floral antídoto do veneno do escorpião no nível da alma. Para os que picam e são picados.

 

 

Sorgo

Palavras chave – sinto um vazio interno e profunda carência afetiva. Trabalha o perdão. Para os que carregam o sentimento da separatividade, que é uma sensação de não pertencer a nenhum grupo, quer familiar, de trabalho ou social.

 

 

Thea

É o floral do estudante, trabalha a concentração e estimula as atividades cerebrais. Combate a depressão, o desânimo e a dispersão. Traz a pessoa para o aqui e agora.

 

 

 

Tuia

Para a personalidade promíscua, sem pudor e recato. Para os que não têm controle sobre os seus impulsos sexuais. Para pessoas grosseiras também nas falas.

 

 

 

Unitatum

Trabalha o sentimento de rejeição. Para os que foram rejeitados e abandonados na infância.Trabalha a criança interior, que foi muito ferida. O sentimento de rejeição e traição, traz dor muito profunda.

 

 

Varus

Alinhamento da coluna e dos corpos físico e suprafísicos. Esse floral trabalha a culpa, a distância do Eu Superior.

 

 

 

Verbena

Para os que têm rigidez mental. Possuem idéias fixas. São feitores implacáveis com os outros, são presunçosos, idealistas, intolerantes e arrogantes. Possuem temperamento violento, são tensos e sugam energia dos outros.

 

 

Wedélia

Trabalha os aspectos da corrupção e da ganância na personalidade. Floral indicado para pessoas materialistas que se desviaram do caminho da retidão, iludidas pelos falsos brilhos da riqueza e do poder.

 

 

 

Foto kirlian da aura de uma pessoa com infecção intestinal.

Foto kirlian da aura da mesma pessoa, trinta dias após o inicio com os Florais Saint Germain, já livre da infecção.

Foto kirlian de uma gota de Floral Sain Germain.

 

 

 

 

O QUE VOCÊ PRECISA SABER AO INICIAR UM TRATAMENTO COM FLORAIS

Todos nós sabemos dos resultados catastróficos da auto-medicação. As essências de Saint Germain são naturais mas, isso não significa que não tenham efeitos colaterais. Sendo assim não se baseie na prévia acima para se automedicar. O que foi colocado aqui, é apenas uma apresentação desses maravilhosos florais.
Para se tratar com os florais procure um teprapeuta da sua confiança. Evite a “receita de bolo” pois, o que foi bom para um, para outro pode ser um veneno. Para que uma fórmula seja eficaz, ela precisa estar adequada a você. A prescrição dos florais e o resultado do tratamento, depende de uma análise minuciosa da pessoa a ser tratada!

A informação aqui contida, mostra apenas alguns intens, do primeiro módulo, desse maravilhoso sistema floral que, na íntegra se mostra muito mais profundo e abrangente, apontando-nos todas as somatizações ocasionadas pela permanência em determinados padrões mentais.

Veja o conteúdo programático do curs on-line em: http://leoacristica.wordpress.com/2011/01/15/curso-on-line-florais-de-saint-germain/

Léa Cristina Ximenes
Facilitadora Universalista

E-mail: ximenes.andrade@gmail.com
Skype: lea.seraphisbey
Telefone: (13) 3477 9813

Deixe seu comentário!

Publicado 15/01/2011 por leoacristica em Florais

CURSO ON-LINE FLORAIS DE SAINT GERMAIN   16 comments

As sagradas flores Divinamente energizadas nos chegam neste tempo para nos redimir, nos purificar, nos proteger e nos elevar a planos mais elevados de consciência. Certas flores estão trazendo a Misericórdia Divina aos que têm fé, também aos que não têm e estão pedindo, e para todos que no fundo de suas almas começam a sentir falta de algo inexplicável, mais profundo. É um sentimento de saudade “não sei do que” “e não sei de onde”. Esta saudosa e vaga lembrança vindo do âmago de nosso ser, é a ânsia do retorno à nossa origem Cósmica Divina. Este inexplicável sentimento nos indica que é chegado o tempo de nos prepararmos para o retorno de onde viemos, após cumprirmos os propósitos e as realizações de nossa alma aqui na Terra. Mas precisamos estar atentos, porque este retorno poderá ser efetuado somente através do nosso próprio esforço, porém amparados pelo nosso Eu Superior e pelas essências florais. O nosso Eu Interno e as essências florais tem o poder de nos conduzir a misericordiosa e amorosa saída , o fim dos sofrimentos pela cura de nossa alma humana (corpos inferiores), condição básica para continuarmos a galgar nossos degraus na longa jornada de volta a casa do Pai celestial.
Neide Margonari – Julho de 1999
Sintonizadora do Sistema Florais de Saint Germain

 

Abordagem:

O Chamado
As Essências e Os Doze Raios
Os Raios Divinos
Extração da Essências
Atuação dos Doze Raios na Alma e nos Florais
Repertório – Dicionário
Montagem da Solução Floral
Ação dos Florais na Alma e na Personalidade
Propriedades Medicinais das Plantas
Atuação dos Doze Raios em Cada Floral
Atuação dos Florais nos Estados Negativos dos Corpos Sutis

 

ESSE CURSO É MINISTRADO VIA SKYPE, EM TEMPO REAL, PARA PESSOAS QUE RESIDEM DENTRO OU FORA DO BRASIL, COM DIAS E HORÁRIO A COMBINAR, NO CONFORTO DO SEU LAR EVITANDO ASSIM, QUE PERCORRA GRANDES DISTÂNCIAS PARA ADQUIRIR ESSE VALIOSO CONHECIMENTO.
A APOSTILA, COM QUASE TREZENTAS PÁGINAS, É ENVIADA PELO PRÓPRIO SKYPE PARA QUE SEJA IMPRIMIDA E ENCADERNADA PELO PRÓPRIO ALUNO. O CERTIFICADO SERÁ ENVIADO PELO CORREIO APÓS O TÉRMINO DO CURSO.
PARA INFORMAÇÕES SOBRE PREÇO, FORMA DE PAGAMENTO, AGENDAMENTO PARA O CURSO, ENTRE EM CONTATO ATRAVÉS DE UM DOS ENDEREÇOS ABAIXO.

 Saiba mais sobre as flores em: http://leoacristica.wordpress.com/2011/01/15/sobre-os-florais-de-saint-germain/

Léa Cristina Ximenes
Terapeuta Facilitadora Universalista

E-mail: ximenes.andrade@gmail.com
Skype: lea.seraphisbey
Telefone: (13) 3477 9813

Comente e compartilhe!

Olá! Esse espaço é exclusivo para comentários e interação. Qualquer pergunta referente aos cursos e atendimentos, envie pelo e-mail acima. Obrigada por sua compreensão e colaboração, Léa.

Publicado 15/01/2011 por leoacristica em Cursos, Florais

CURSO ON-LINE FLORAIS DE BACH   Leave a comment

Em seu maravilhoso sistema, baseado na cura através das essências das flores, quis o Dr. Bach que este fosse de fácil entendimento e aplicação, para que um número grande de pessoas pudesse utilizá-lo. Quase como ele quis, hoje os remédios florais de Bach têm um uso muito amplo, por todo o mundo.

Neste sistema de cura, os remédios florais são agrupados de acordo com o estado mental/emocional do paciente. Essa disposição retrata a certeza de que todas as doenças têm origem em nossas formas adulteradas de pensar e de sentir. Somos nós mesmos, nosso eu mais profundo, que decidimos adoecer, sarar, nascer da maneira como nascemos; e desencarnar da forma como fazemos. A nossa alma está em constante e criativa comunicação conosco, embora na maioria das vezes não percebamos, devido à ilusão que a percepção sensorial nos causa.

CURSO APOSTILADO E CERTIFICADO

Abordagem:

CLASSIFICAÇÃO DAS ESSÊNCIAS FLORAIS COM BASE NOS SETE TIPOS DE ESTADO DE ESPÍRITO:

1- PARA OS QUE SENTEM MEDO

2- PARA OS QUE SOFREM DE INDECISÃO

3- FALTA DE INTERESSE NO PRESENTE

4- PARA SOLIDÃO

5- PARA OS QUE SÃO SUCEPTIVEIS A IDÉIAS ALHEIAS

6- PARA O DESALENTO OU DESESPERO

7- EXCESSIVA PREOCUPAÇÃO COM O BEM ESTAR DOS OUTROS

NOME DAS FLORES E REGIÃO DE SUA NATIVIDADE

COLORAÇÃO DAS FLORES

ÉPOCA DE FLORAÇÃO

MÉTODO DE PREPARAÇÃO DAS ESSÊNCIAS

CORRESPONDÊNCIA COM OS FLORAIS DE MINAS

QUEM, E QUANDO SE DEVE TOMAR UM TIPO DE FLORAL

COMPARAÇÕES ENTRE OS FLORAIS

ZONAS DE SOMATIZAÇÃO

RELAÇÃO DOS FLORAIS COM OS CHAKRAS

ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO TRABALHO DE CURA

FRASE DE REPROGRAMAÇÃO DE CADA FLORAL

QUAL O EFEITO DE CADA FLORAL

SINTOMAS BASEADOS NO ESTADO ATUAL DO SER

ANAMNESE, COMO PROCEDER

O FLORAL DA EMERGÊNCIA

FÓRMULA PARA LACTENTES

NOVE FLORES

FÓRMULA DE EXAME

COMPOSTO INFANTIL

OUTRAS FÓRMULAS COMBINADAS

MÉTODO DE DOSAGEM

ESSE CURSO NÃO TEM HORÁRIO OU DIA DETERMINADOS PARA COMEÇAR. É INDIVIDUAL E MINISTRADO PELO SKYPE PARA OS QUE RESIDEM NO BRASIL E NO ESTRANGEIRO, A APOSTILA SERÁ ENVIADA POR E-MAIL PARA QUE O PRÓPRIO ALUNO IMPRIMA E ENCADERNE.

PARA ESCLARECIMENTOS SOBRE PREÇO E FORMA DE PAGAMENTO, ENTRE EM CONTATO.

Saiba mais sobre os florais em: http://leoacristica.wordpress.com/2011/01/15/dos-florais-de-bach/

Léa Cristina Ximenes
Terapeuta Facilitadora Universalista.

E-mail: ximenes.andrade@gmail.com
Skype: lea.seraphisbey
Telefone: (13) 3477 9813

Comente e compartilhe!

Publicado 15/01/2011 por leoacristica em Cursos, Florais

Etiquetado com ,

Dos Florais de Bach   Leave a comment

Em seu maravilhoso sistema, baseado na cura através das essências das flores, quis o Dr. Bach que este fosse de fácil entendimento e aplicação, para que um número grande de pessoas pudesse utilizá-lo. Quase como ele quis, hoje os remédios florais de Bach têm um uso muito amplo, por todo o mundo.

Neste sistema de cura, os remédios florais são agrupados de acordo com o estado mental/emocional do paciente. Essa disposição retrata a certeza de que todas as doenças têm origem em nossas formas adulteradas de pensar e de sentir. Somos nós mesmos, nosso eu mais profundo, que decidimos adoecer, sarar, nascer da maneira como nascemos; e desencarnar da forma como fazemos. A nossa alma está em constante e criativa comunicação conosco, embora na maioria das vezes não percebamos, devido à ilusão que a percepção sensorial nos causa.

Para o Dr. Bach, a atitude mental tem um papel vital na manutenção da saúde e na recuperação das doenças. Por isso os Florais tratam o doente e não a doença, pois atuam como catalisadores, trabalhando com as emoções negativas sem as suprimir ou esconder. Com as suas essências, procurou estimular o potencial da virtude contrária: a auto cura através das propriedades curativas das flores.

Vejamos agora os sete grupos que compõem o sistema de cura Bach:

GRUPO 1 – FLORAIS PARA OS QUE SENTEM MEDO

ROCK ROSE (Elianthemum Vulgare ou Hetianthemum Nummularium)

PÂNICO

Padrões de Desequilíbrio – Terror e pânico, causado por acidente ou risco de vida, por testemunhar um acidente. Sempre que há pânico na atmosfera, o paciente e os que estão em volta são afetados. O pavor causado por um pesadelo ou medos noturnos, pânico de origem traumática, medos paralisantes, taquicardia, bloqueio do plexo solar de origem nervosa, medo irracional. Estados de medo extremamente agudos, sentimentos de terror e de pânico.

MIMULUS (Mimulus Luteus ou Mimulus Gultatus)

MEDO DE COISAS CONHECIDAS

Padrões de Desequilíbrio – Medo por motivos conhecidos. Exemplos: Medo de doença e das suas consequências. Medo da morte. Medo de acidentes – da dor. Medo do escuro, da humidade, do frio. Medo da pobreza. Medo de pessoas, de animais. Medo de falar em público. Medo de perder amigos. Medos secretos, fala muito pouco, tem medo do público. Personalidade assustadiça, que fica corado facilmente – pode sofrer de gaguez. Timidez. Acanhamento

CHERRY PLUM (Prunus Cerasifera)

MEDO DE PERDER O CONTROLE DA MENTE

Padrões de Desequilíbrio – Desespero. À beira de um colapso nervoso. Próximo à histeria (pode até gritar pedindo ajuda). Medo de se suicidar. Medo de enlouquecer e, com isso, fazer coisas terríveis. Medo de perder o controle e a razão. Medo da insanidade mental, de perder as estribeiras. Possibilidade de impulsos assassinos ou suicidas repentinos e violentos.

ASPEN (Populus Trêmula)

MEDOS VAGOS DE ORIGEM DESCONHECIDA

Padrões de Desequilíbrio – Medo de dia ou à noite, sem razão conhecida. Apreensão. Terror ao despertar de um sonho ruim, embora esquecido. Medo de adormecer outra vez. Pressentimentos terríveis. Medo da escuridão. Medo da morte. Medo de pensamentos catastróficos. Premonições, superstições, medos inexplicáveis. Medo do medo. Medo de contar os seus problemas aos outros. Medo, geralmente acompanhado de tremor e suor, sensação de desgraça iminente, de desastre sem motivo aparente.

Qualidades Positivas – Ausência de medo, porque o poder do amor está por trás de tudo e supera todas as coisas. Uma vez reconhecido isso, estamos além da dor, do sofrimento, da preocupação, do medo e nos tornamos participantes da verdadeira alegria. Uma fé dessa magnitude causa o desejo de aventurar-se, de fazer experiências sem preocupações com o perigo ou as dificuldades.

RED CHESTNUT (Asculus Carnea)

ANSIEDADE COM OS OUTROS

Padrões de Desequilíbrio – Preocupação excessiva com os problemas alheios e medo pelos outros – com o que possa suceder-lhes. Espera sempre o pior. Medo de que uma simples doença em alguém se torne algo sério ou grave. Esse tipo de pensamentos negativos e cheios de medo sé podem causar danos a nós e aos que estão à nossa volta, atraindo para si aquilo que mais se teme. Possessividade, amor egoísta, super protecção, auto-sacrifício, apego limitador e negatividade mental; temor excessivo e previsão de desgraças para aqueles que se ama, tolhendo-lhes a liberdade e a individualidade, minando-lhes a segurança e a confiança.

GRUPO 2 – FLORAIS PARA OS QUE SOFREM DE INDECISÃO E INSEGURANÇA

CERATO (Ceratostigma Willmotliana)

BUSCA CONSELHO E CONFIRMAÇÃO NOS OUTROS

Padrões de Desequilíbrio – Dúvidas acerca da própria capacidade. Busca o conselho em todos e em tudo, sendo frequentemente influenciado e mal orientado pela opinião dos outros, o que pode causar insatisfação, embora precise da atenção deles. Falta de confiança no próprio julgamento. Não confia nas próprias convicções. Mutável. Tolo. Fala demais. Faz perguntas constantemente. Tende a sugar a vitalidade dos outros na busca de conselhos . Tem pouco ou nenhuma confiança na própria opinião.

SCLERANTHUS (Scleranthus Annuus)

INCERTEZA – INDECISÃO

Padrões de Desequilíbrio – Indecisão. Mente indecisa, hesitando entre duas possibilidades. Incerteza.
Estados de animo variados: luz e sombra. Experimenta estados extremos de Alegria e Tristeza, Energia e Apatia, Optimismo e Pessimismo, Risos e Lágrimas. Ansiedade devido à instabilidade, dúvida e indecisão. Pode não ser confiável – sofre de incerteza, devido a uma constante mudança de perspectiva. Desperdiça o tempo e perde oportunidades. Falta de estabilidade e de equilíbrio. Pouco equilíbrio interior, muda constantemente de opinião. Pessoas sujeitas a náuseas em viagens de carro ou avião.

GENTIAN (Gentiana Amarella)

DESALENTO – DESINTERESSE

Padrões de Desequilíbrio – Visão negativa. Melancolia. Ascetismo, pessimismo, pessoa de desânimo fácil. Desencorajamento, quando as coisas não dão certo ou quando há dificuldades. Desinteressado e deprimido pelos reveses de causa conhecida. Recusa-se a acreditar que a sua falta de fé, convicção e compreensão impedem que os problemas sejam superados. Falha em compreender que é a própria atitude negativa que atrai essas condições de desalento e melancolia. Remédio para ajudar crianças desencorajadas durante o período escolar.

GORSE (Ulex Europueus)

DESESPERANÇA – DESESPERO

Padrões de Desequilíbrio – Desesperança face à falta de expectativas. Resignação e desespero, depois que lhe dizem que “nada mais pode ser feito”. Tem de continuar a suportar a dor e o sofrimento; Depressão; Estados de “vegetação” em lugar de “viver”: pode, por exemplo, estar convencido de que seu problema de saúde é hereditário e que é quase inútil tentar outros tratamentos. Pessoas que …” parecem ter uma parede de vidro entre a Alma e a Personalidade, que conseguem ver-se mas não ouvir-se”, segundo Mechthild Scheffer. Estados de estagnação nos processos de cura. Falta de energia para continuar a luta, falta de projectos de vida, apatia, falta de fé, desânimo sem angústia.

HORNBEAM (Carpinus Betulus)

SENSAÇÃO DE “SEGUNDA-FEIRA DE MANHÔ

Padrões de Desequilíbrio – Cansaço, Esgotamento por desgaste e fadiga mental. Debilidade face á rotina quotidiana. Dúvida acerca da capacidade de encarar ou de suportar as coisas, conseguindo no entanto concretizá-las. Dificuldades para digerir o excesso de estimulação mental. Sobrecarga mental que gera irritação e cansaço. Quando convalescente, dúvida da própria recuperação. Cansaço por causa da preocupação consigo mesmo. O Remédio para “Segunda de manhã” ou para a “Manhã seguinte”.

WILD OAT (Bromum Asper ou Bromus Ramosus)

INCERTEZA EM PERCORRER O CAMINHO DA VIDA

Padrões de Desequilíbrio – Indecisão no que diz respeito ao que fazer. Indefinição das ambições, vocação indeterminada ou insatisfeita. Incerteza (veja também Scleranthus). As coisas não estão claras, causando cansaço e insatisfação. Pessoa talentosa, ambiciosa; tenta muitas coisas, mas nenhuma lhe traz felicidade, tornando-se frustrada e deprimida. Pode sentir-se entediada. frustração por não encontrar o caminho na vida, falta de metas, de harmonia interior, de direcionamento e canalização das suas energias de vida. Frustração, aborrecimento, falta de realização. Dificuldades de integração social, quer seja por remar contra a corrente ou por não ter direção.

GRUPO 3 – FLORAIS PARA FALTA DE INTERESSE NO PRESENTE

CLEMATIS (Clematis Vitalba)

SONHADORES – FALTA DE INTERESSE NO PRESENTE

Padrões de Desequilíbrio – Olhar perdido. Falta de atenção. confusão, lentidão, aturdimento. Dispersão. Preocupação. Indiferença. Pessoas pouco práticas, ausentes, esquecidas. Distracção. Pessoas sonhadoras, sonolentas, de sono pesado e que gostam de tirar sonecas a qualquer momento. Desatentos. Para os lunáticos e indiferentes. Pessoas fechadas num mundo próprio, plenas de imaginação. Falta de memória, estados de anestesia perante a realidade, falta de consciência de si. “Para os que olham sem ver, ouvem sem escutar e se esquecem do que dizem e do que lhes é dito”. Para os que preferem ficar sozinhos, isolados e evitam dificuldades fugindo das situações.

HONEYSUCKLE (Lonieera Capri folium)

VIVE NO PASSADO

Padrões de Desequilíbrio – Nostalgia, saudade do passado, é-lhe difícil viver no presente, vive no passado, no mundo das recordações. Tem arrependimentos daquilo que não realizou. Temor da mudança, da velhice, da separação, do desligamento do passado. Ao olhar para trás, teme o que pode vir pela frente; sensação de “estar dividido em dois”. Perda o interesse pelo presente. Lentidão e embotamento das energias vitais. Lembrança e nostalgia do vivido, incapacidade de viver com intensidade o presente, alimentar-se de recordações. Tristeza perante envelhecimento, apego ao passado.

WILD ROSE (Rosa Canina)

RESIGNAÇÃO, APATIA

Padrões de Desequilíbrio – Falta de participação, apatia, renúncia interior, desinteresse. Resignação com a doença, com a monotonia e o trabalho inadequado. Por demais apático para ficar bem, mudar de ocupação ou desfrutar os prazeres simples, apesar de ter tudo nas mãos para o fazer. Divagando sempre. Resignação, rendição. “Tenho de aprender a viver com isto”. Pessimismo, falta de iniciativa, de energia, de vontade, de esperança. Semblantes inexpressivos, vozes monótonas. Desvitalização, bloqueio energético ao nível das articulações. Falta de “garra” pela vida, acomodação.
“É uma coisa de família; então tenho que sofrer mesmo.” Acredita que uma situação não tem remédio. Não consegue perceber que, na verdade, criou essas situações, alimenta-as e mantém-nas. Sempre cansado, falta-lhe vitalidade; é uma companhia entediante. Poderá ter um timbre de voz monótono e sem expressão. Passividade, aborrecimento, letargia.

OLIVE (Olea Europea)

ESGOTAMENTO TOTAL

Padrões de Desequilíbrio – Perda de vitalidade. Cansaço intenso que provoca esgotamento físico. Esgotamento devido a condições adversas por longo período, ou quando a vitalidade foi perdida devido a doença longa, decepções, operações, divórcio, crises e dores profundas. Depauperação, desgaste. Exaustão física e mental sem reservas de energia. Mente cansada e exaurida. Nenhuma reserva de vitalidade. Tudo representa um esforço. Cansa-se facilmente. Falta de interesse. Fadiga total da mente e do corpo. Pouco tempo para o relaxamento e o prazer. Não consegue apreciar o trabalho ou as coisas que costumavam dar-lhe prazer e interesse.

WHITE CHESTNUT (Aesculus Hippocastanum)

PENSAMENTOS INDESEJÁVEIS; DISCUSSÕES MENTAIS

Padrões de Desequilíbrio – Diálogo interior torturante. Um acontecimento preocupante cria uma ideia fixa. Argumentações mentais. Incapacidade de evitar que os pensamentos girem na mente, como um hamster numa roda.
Pensamentos persistentes, indesejáveis, que se repetem como um disco arranhado, tocando sempre no mesmo lugar, gerando insonia e confusão mental. A pessoa que sofre desse tipo de preocupação, geralmente não consegue concentrar-se e nem sempre responde quando alguém lhe fala. Este estado mental pode causar acidentes.

MUSTARD (Sinapsis Arrensis)

TRISTEZA PROFUNDA SEM EXPLICAÇÃO (GRANDE DESANIMO)

Padrões de Desequilíbrio – Profunda depressão melancólica, podendo ser cíclica e aparentemente sem causa. Uma onda de tristeza, desesperança, depressão e melancolia que surge repentinamente e se vai do mesmo modo, sem nenhuma razão aparente. Sensação de aprisionamento por uma força sinistra e escura, encurralamento. Pode surgir ligada à menopausa ou ás estações do ano. Melancolia e depressão endógena, que pode vir acompanhada de lentidão motora, redução de percepção, retardamento de raciocínio e baixa resposta a estímulos. A melancolia, como que encoberta por uma nuvem fria e escura, pode ser bastante forte e privar as pessoas de seu bom humor e das suas opiniões normais, por estarem tão “ensimesmadas” ou isoladas.

CHESTNUT BUD (Aesculus Hippocastanum)

INCAPACIDADE DE APRENDER COM OS ERROS PASSADOS

Padrões de Desequilíbrio – Leva muito tempo para aprender com as experiências vividas – às vezes fracassa e não consegue faze-lo. Repetição constante do mesmo erro. Repetição compulsiva do que já lhe havia acontecido anteriormente. Tenta esquecer o passado, mas falta-lhe estrutura para se guiar no presente ou no futuro. Ansiedade, dificuldades de aprendizado, falta de atenção, esquece o passado e não aprende com a experiência. Coloca-se em situações lamentáveis, até que os erros são reconhecidos e desse modo, evitados. Personalidades apressadas e pouco reflexivas, pouco observadoras e superficiais.

GRUPO 4 – FLORAIS PARA A SOLIDÃO

WATER VIOLET (Clematis Vitalba)

ORGULHO E INDEFEREÇA

Padrões de Desequilíbrio – Quando as emoções estão bloqueadas, apresentam-se reservados, retraídos, orgulhosos, soberbos, egossintónicos, distanciados do mundo, com sentimentos de superioridade sobre os outros e por isso entram em isolamento. Tornam-se inabordáveis e inalcançáveis, refugiados numa carapaça que lhes serve de refúgio. Ficam inflexíveis física e mentalmente, tensos e rígidos, o que acaba provocando reumatismo, dores articulares, na coluna e nas juntas. Ás vezes tem eczemas nas mãos. Mostram-se orgulhosos, elitistas, afastados de qualquer afectividade. Podem ser desdenhosos, superiores e condescendentes, na sua torre de marfim, concentrados em si mesmos, interpondo uma barreira para afastar qualquer contacto mais íntimo.

IMPATIENS (Impatiens Royale ou Impatiens Grandulifera)

IMPACIÊNCIA

Padrões de Desequilíbrio – Irritadiço. Impaciente. Facilmente irritável e de reacções excessivas. Fisicamente irrequieto. Nervoso. Termina a frase do interlocutor, se este fala devagar, faz tudo depressa, como forma de aliviar a tensão mental devido à frustração e a outras pressões, não consegue esperar, quer tudo “imediatamente”. Pode ter insónias devido à tensão física e mental. Muitas destas pessoas sofrem de caimbras, distúrbios digestivos, gastrites, diarreias, torcicolos, contracções musculares, tiques nervosos, úlceras, espasmos, cólicas. Inquietos, gesticuladores, rápidos no falar e no comer, são pessoas muito agitadas e por isso, chegadas a acidentes pela sua impetuosidade. Captam ideias com grande rapidez, mas são pouco observadores quanto á realidade que os cerca e tendem a culpar os outros quando algo corre mal. Grande sentido de independência, preferem trabalhar sozinhos. A tensão faz com que tenham dores na nuca, no pescoço, nas mãos, nos ombros, nas pernas. Crianças hiperactivas, inquietas e sujeitas a explosões temperamentais.

HEATHER (Calluna Vulgaris)

EGOCENTRISMO, PREOCUPAÇÃO CONSIGO MESMO

Padrões de Desequilíbrio – Egocentrismo. Preocupação, consigo próprio. “Obcecado” por doenças, por problemas e as suas trivialidades. Centrado em si mesmo, procura sempre uma plateia que o ouça falar dos seus problemas. As vezes chegam a ser lamurientos. Colam-se ás pessoas e não despegam, querem atenção a todo o custo, não ouvem os outros e não descriminam os interlocutores: Chegam-se muito perto – falam bem próximo das pessoas, forçando-as a conversar. Sugam a vitalidade alheia e por isso, costumam ser evitados. Detestam ficar sozinhos. Fazem tempestades em copos d’água, ouvem muito pouco o que lhes é dito, pois não têm interesse nos problemas dos outros, só se preocupam consigo mesmas, monopolizam as conversas. São ávidos, comem muito sem seleccionar e devido a grandes carências afectivas esperam que se cuide delas permanentemente. Tem necessidade compulsiva de descarregar as suas emoções, extravasando-as sobre os outros. Crianças choronas, mentirosas e “dengosas” e para adultos chorões que se sentem intimamente solitários e abandonados. Para doentes psicossomáticos.

GRUPO 5 – FLORAIS PARA A SUCEPTIBILIDADE ÀS INFLUÊNCIAS E IDÉIAS ALHEIAS

AGRIMONY (Agrimonta Eupatoria)

TORTURA MENTAL POR TRÁS DE UMA “CARA DE VALENTE”

Padrões de Desequilíbrio – Angústia localizada (nó na garganta, coração oprimido, tensão no estômago). Ansiedade. A despreocupação disfarça a tortura mental – um estado mental turbulento, em que esconde pensamentos aflitivos e inquietação interior por trás de uma fachada de alegria, por trás de uma máscara. Finge que tudo vai bem e esconde os seus problemas. Falta de sintonia entre o que pensa e o que diz, ocultando ou ignorando o negativo, como se não existisse: pretende convencer-se e convencer os outros de que é feliz. Quando stressado, poderá refugiar-se no álcool ou nas drogas para atenuar a tortura. Ansiedade do tipo oral, que gosta de beber, fumar, rebuçados, etc. Agrimony, segundo Bach:” … serve para personalidades dissociadas que desperdiçam grandes quantidades de energia para manter as aparências, sem que haja contato entre a personalidade e o “Eu Superior”. Faz muitas perguntas, para evitar falar de si mesma.
Busca excitação, com consequências perigosas e que podem causar danos. Inquietude à noite, cansaço por pensamentos agitados. (Veja também White Chestnut.)

CENTAURY (Centaurum Umbellatum)

SUBSERVIÊNCIA

Padrões de Desequilíbrio – Pessoa tímida, boa, de bom carácter, compreensiva e facilmente dominada, de personalidade tipo “capacho”, que se submete a vontades mais fortes do que a sua própria. Não discute nem se defende, tem dificuldade de dizer “não”. Vontade frágil e subserviente. Pensamentos e acções frequentemente influenciados pelo que dizem ou pensam os outros e pelas convenções. Poderá ser apagado à família ou a um dos pais. Servil, em vez de ser alguém que ajuda de bom grado, esquece-se de si mesma, influenciável, fraca e com pouco interesse pela vida, hipersensível, subjugada pelas emoções que as impedem de pensar. Facilmente inseguras, infelizes e sobrecarregadas pela somatização e com a energia exaurida, as pessoas deste tipo são muitas vezes manipuladas e dominadas por energias mais fortes e pelos seus próprios sentimentos de culpa.

WALNUT (Juglans Regia)

PROTEÇÃO NAS MUDANÇAS

Padrões de Desequilíbrio – Insegurança passageira, instabilidade e influenciabilidade em etapas marcantes de mudança na vida. Super sensibilidade a certas ideias, ambientes e influências, necessitando nessas alturas de protecção. É o Remédio para os estágios de transição – mudança de dentição, puberdade, menopausa, viuvez, separação – e é definitivamente o remédio para romper ligações, “encantamentos” e hábitos muito arraigados. Personalidade “esponja” hipersensível, vulnerável e extremamente perceptiva. Walnut acaba com situações de dependência, simbioses ou apegos entre pessoas. Quando chega o momento de “dar grandes passos adiante”, rompendo com velhas convenções, restrições, etc. e, quando se toma um novocaminho na vida, frequentemente envolvendo sofrimentos e o rompimento de ligações antes valiosas (Ex: Poderá estar afectado por uma pessoa dominadora, por uma circunstancia extrema, por uma ligação com o passado, por uma ligação familiar ou um hábito muito arraigado, sendo que qualquer dessas situações pode impedir ou frustrar planos e até mesmo o curso normal da vida).

HOLLY (Ilex Aquifoliam) Azevinho

ÓDIO INVEJA, CIÚME

Padrões de Desequilíbrio – Ódio, inveja, ciúme, suspeita agressividade, ganância. Ausência de amor. Incompreensão. Temperamento dificil. Várias formas de aborrecimento. Raiva dos seres humanos. Sofre em demasia, geralmente sem causa específica.


GRUPO 6 – FLORAIS PARA O DESALENTO OU DESESPERO


LARCH (Larix Europea ou Laré Decídua)

FALTA DE CONFIANÇA

Padrões de Desequilíbrio – Sensação de inferioridade, falta de confiança em si mesmo. Auto-invalidação, baixa auto-estima, auto-limitação através de resposta automatizada de auto-negação e inibição dos potenciais próprios. Pessoa de antemão convencida do fracasso porque, subestimando-se, evita a possibilidade de fracasso. “Não adianta tentar. Jamais serei uma pessoa bem sucedida. Não sou capaz de me sair tão bem quanto os outros”: são estes os ciclos viciosos mentais da auto anulação. Larch é muito útil quando estas pessoas adoecem por medo de enfrentar a vida e na insegurança para agir, tanto em adultos como em crianças que se sentem inferiores e possuem uma falsa modéstia (secretamente, sabe que é capaz).

PINE (Pinus Sylvestris)

AUTO CONDENAÇÃO – CULPA

Padrões de Desequilíbrio – Auto-condenação, auto-reprovação, sentimentos de culpa, desalento. Culpa-se a si mesmo pelos erros dos outros e por tudo o que acontece de errado. Tem complexos de culpa, fazem juízos negativos de si próprios, o que acaba com qualquer alegria de viver, entrando em estagnação e falta de desenvolvimento pessoal. Controlam muitas vezes a raiva e outros sentimentos, desperdiçando assim energia e sentindo-se muitas vezes cansadas. São pessoas conscienciosas, mas nunca estão satisfeitos com as suas realizações e geralmente trabalham demais, cultivam a renúncia e o masoquismo inconsciente, levando a parcerias com abusadores, sádicos e agressivos. Não se amam e vêem-se a si próprios como covardes; não se sentiram desejadas e como que pedem perdão por terem nascido.

ELM (Ulmis Procera)

ASSOBERBADO PELAS RESPONSABILIDADES

Padrões de Desequilíbrio – Sensação repentina de estar sendo sobrecarregado por responsabilidades que não consegue assumir. Desanimo e exaustão consequentes, com ideias de não ser capaz de realizar a tarefa. Sensação de abatimento, mesmo quando a dúvida é momentânea em relação às próprias capacidades, pode causar fraqueza e debilidade. Para situações que exigem muito da pessoa, Elm ajuda nos “momentos de fraqueza dos fortes”, quando as pressões parecem demasiadas, subjugadoras e as pessoas ficam desalentadas, esgotadas e em duvida sobre as suas capacidades de desempenho e da qualidade das suas decisões, esgotadas física e mentalmente. Contudo, todos estes sintomas são temporários.

SWEET CHESTNUT (Castanea Vulgaris ou Castanea Sativa)

PARA ANGUSTIA EXTREMA

Padrões de Desequilíbrio – Grau intolerável de ansiedade, mágoa, desolamento, vazio interior. Desespero mental terrível e assustador. Tortura mental extrema. Desespero profundo. Angústia e desolação, chegando ao limite do que é possível suportar. Quase destruído. Falta de saída, atingindo os limites da tolerância; Angústia com depressão, desespero, desesperança e necessidade de amparo urgente, stress extremo, alta tensão. Cansaço e solidão, desassossego, angústia existencial.
O futuro é visto como uma completa escuridão. Não há esperança, não há paz. Quadros psicóticos e neuróticos graves, doenças terminais.

STAR OF BETHLEHEM (Ornithogalum Umbellatum)

CHOQUE

Padrões de Desequilíbrio – CHOQUES e todas as suas sequelas, como um acidente ou notícias dolorosas sem aviso. Para vestígios de situações traumáticas, físicas ou psíquicas, recentes ou antigas, que não foram elaboradas ou integradas. Um susto muito forte, uma desilusão muito dolorosa, efeitos inesperados, acções retardadas, devido a um trauma. Estados letárgicos e disfuncionais, instabilidade, desilusões, psicoses, perdas de todos os níveis presentes e passadas, psicossomatizações e faltas de energia generalizadas até á inconsciência. Para pessoas que sofrem de doenças crônicas como a artrite, asma, arritmia cardíaca, ligadas ao campo emocional e não conseguem mudar esses quadros através da psicoterapia.

WILLOW (Salix Vitellina)

RESSENTIMENTO, VITIMISMO

Padrões de Desequilíbrio – Ressentimento, amargura, auto compaixão, rancor. Vitima do destino. Culpando todos menos a si mesmo. “Eu não merecia esta desgraça; por que isto foi acontecer logo comigo, enquanto os outros estão livres?”. Sente inveja da boa sorte, da saúde, da felicidade ou sucesso dos outros. Irritadiço, rabugento, um desmancha-prazeres que adora espalhar tristeza e desespero. Um resmungão. Nenhum interesse pelos assuntos dos outros, excepto para menosprezar ou falar por maldade. Toma sem dar: aceita ajuda como se fosse um direito seu! É mal-agradecido, alienado. Quando doente, é um paciente difícil; nada lhe agrada nem satisfaz, relutante em admitir melhoras… Pessoas lamurientas, ressentidas, briguentas, azedas, preconceituosas, que irradiam irritação, tristeza, negatividade, critica e inveja; são ingratas, mal-humoradas, susceptíveis e de difícil trato por inconsciência das suas características. Sentem-se injustiçados pela vida.

OAK (Quercus Pedanculata ou Quercus Rubor)

DESENCORAJADO, POREM CONTINUA LUTANDO

Padrões de Desequilíbrio – Lutador esgotado que mesmo assim continua a luta. Elas insistem e não param de se esforçar para descobrir a cura quando estão doentes. Stress por esgotamento, sobrecarga, á beira do colapso físico e nervoso.
Trabalha demais e esconde o cansaço. Julga-se imprescindível e insubstituível (beirando a arrogância). Obstinação, esforço incansável, embora tudo possa parecer inútil; poderia até resultar num colapso nervoso. Dores na nuca e ombros devido á tensão intensa, devido á postura do dever antes de tudo. Desalento que leva ao desespero. Incapacidade de pedir ajuda ou mostrar fragilidade, insistindo que é capaz até á exaustão, também por medo de decepcionar os outros.

CRAB APPLE (Malus Pumila ou Pyrus Malus)

ÓDIO DE SI MESMO, SENSAÇÃO DE SUJEIRA

Padrões de Desequilíbrio – Sentimento de desespero, de sujeira, desgosto. Fez ou disse algo que é contrário à sua própria natureza. Sente-se mental e fisicamente sujo. Tem vergonha de sua condição física, de sua aparência e sofre com a sua acne, verrugas, manchas, etc. Desanimado se o tratamento fracassa (veja também Gentian). Tem pensamentos triviais, ideias fixas; obsessivo com detalhes da casa, a” dona de casa perfeita” que reage desmedidamente a detalhes considerados imperfeitos, ficando zangadas, tristes, desesperadas, infelizes com a mais leve mancha de sujeira, sem o sentido das proporções ou da relatividade. Para a neurose obsessiva com reacções tipo escovar os dentes várias vezes por dia, tomar banhos ou lavar as mãos, compulsivamente expulsando micróbios, bactérias, insectos ou apavoradas com os riscos de contaminação ou contágios de qualquer tipo. Nos casos de descargas corporais, como rinites, resfriados, febres, intoxicações, sinusites, etc.Para os egoístas, ofensivos e de “palavras más” para os outros, para sentimentos de asco ou repulsa extemporâneas.

GRUPO 7 – FLORAIS PARA A PREOCUPAÇÃO EXCESSIVA COM O BEM ESTAR ALHEIO

CHICORY (Cichoriam Intybas) Chicória

POSSESSIVIDADE E EGOÍSMO

Padrões de Desequilíbrio – Personalidade possessiva, por medo de não ser amada. Amor possessivo. Sente-se facilmente magoado ofendido e rejeitado. Dependente, controlador, vitimado, egocêntrico, possessivo, egoísta, manipulador. Gosta de sugerir, corrigir os outros modificar, organizar, dirigir os demais. Afetivamente carente, busca gratidão, recompensa e reconhecimento, lida mal com sentimentos de rejeição, o “mal amado”, sempre com medo de perder o afeto dos outros. Dificuldade de se descontrair, desapegar, desprender gerando relações opressivas, angustiantes, esmagadoras e controladoras.
Exige que os outros se ajustem ao seu “elevado sentido de valor”, especialmente em relação aos que lhe são mais próximos e queridos. Crítico. Interferente. Fala dos “Favores ou deveres que lhe são devidos”. Quando contrariado, fica irritável, até mesmo chorão. Fica envenenado por essas emoções. Não gosta de estar só.
Pessoa egoísta, inclinada à falsidade, voluntariosa, falante, irritável; adora discussões.

VERVAIN (Verbena Officinalis)

TENSÃO, HIPER ANSIEDADE

Padrões de Desequilíbrio – Energia mental usada ao extremo – esforço excessivo, stress, fanatismo. A vontade impele a acção para além da força física. A tensão causa a incapacidade de relaxar e a subsequente insónia e agitação nocturna, além de contracções no pescoço, nas costas, ombros, braços e sofrer de artrose cervical.
Excesso de perfeccionismo: Altamente envolvido – fanático. Pessoas polémicas que tentam convencer os outros das suas ideias. Briguentos, obstinados, competitivos, perfeccionistas. Comportamentos despóticos, intolerantes, sem humildade, hiperactivos. Sensível às injustiças. Tem o pensamento sempre a correr á frente, e a língua vai atrás, dizendo o que tem a dizer sem medir consequências e tentando convencer os outros, bombardeando-os com os seus argumentos; inclinado a assumir muitas atividades ao mesmo tempo, chegam a agir pelos outros forçando-os a fazer o que consideram bom para eles. São impulsivos, idealistas, imaginativos, fantasiosos e de ideias fixas. ás vezes hipertensas, hiperativos e hipomaníacos, de movimentos rápidos e agitados.

VINE (Vitis Vinifera)

DOMÍNIO, INFLEXIBILIDADE

Padrões de Desequilíbrio – Tendência a usar grandes talentos para conquistar o poder e dominar. Faz pouco caso das opiniões alheias. Exige e espera obediência absoluta. Orgulho agressivo.
Tem ânsia de poder, é ávido de autoridade e cruel nos métodos que utiliza para se impor. Sabe mais do que ninguém. Força a sua vontade sobre todos. Deleita-se com o poder que detém sobre os outros – é duro, cruel, sem compaixão, arrogante, dominador e inflexível, beirando o sadismo. Auto-estima baseada no poder e não no amor, tem de impor a sua autoridade a qualquer preço. Convencidos da sua infalibilidade, são tiranos e ditadores cruéis, destituídos de compaixão pelos seus semelhantes. Os profundamente ambiciosos que se auto impõem disciplina de ferro, na sua compulsão de sucesso, buscando meter medo aos outros, para os dominar: adulam os superiores e amedrontam os subordinados. Pessoas que demonstram afeto unicamente através de coisas materiais.
Um pai ou mãe que domina o lar com mãos de ferro.

BEECH (Fagus Sylvatica)

INTOLERÂNCIA

Padrões de Desequilíbrio – Intolerância, critica e arrogância. Não tenta compreender ou fazer concessões às falhas alheias. Falta-lhe humildade e solidariedade. Irrita-se com os hálitos, maneirismos, idiossincrasias e gestos dos outros. Mandíbula sempre tensa, acusatório, exige exactidão, ordem e disciplina em toda parte. Sofrem de tensão na parte superior do peito, da cabeça, rosto e maxilares. Irritáveis e intolerantes, severas e exigentes, são pessoas que ficam isoladas muitas vezes, na sua inflexibilidade. Não aceitam as diferenças e fazem críticas ferinas que os isolam do mundo. Julgam e condenam em lugar de convencer. Engoliram ódio, desilusões e humilhação e destilam veneno devido à auto-estima desvalorizada e à afectividade ferida, compensando-se muitas vezes com atitudes de superioridade. Uns verdadeiros capatazes que se queixam dos demais. Defendem-se atrás de uma máscara de arrogância e ironia ferindo os sentimentos alheios, falando muitas vezes como se pregassem moral aos outros. Guardam as coisas para si mesmo; tipos solitários.

ROCK WATER

AUTO REPRESSÃO OU NEGAÇÃO DE SI MESMO

Padrões de Desequilíbrio – Concentração excessiva em si mesmo. O tipo de pessoa “contida” e “bem educada”. Inflexibilidade mental que se pode transmitir ao plano físico (costas). Pessoa de ideias teóricas e radicais, distantes da realidade ou fixas, perfeccionistas no campo da saúde ou da moral. O Remédio para aquelas pessoas com opiniões fortes e que permitem que as suas mentes sejam regidas por grandes teorias. Rigidez de percepção, às vezes também física. Capatazes impiedosos de si mesmos. Auto-negação, auto domínio e, até mesmo, auto-martirio. Visão estreita e ascética, fanatismo, orgulho vaidoso e isolacionista, de retidão inalterável e inconsciente das suas renúncias interiores. Preocupam-se tanto com a sua perfeição pessoal que se tornam rígidas, e sofrem de artrose, corcunda e problemas de coluna. perfeccionistas e disciplinadas, dogmáticas nos seus pontos de vista, “lutam com o Eu Superior” em vez de se deixarem guiar por ele. De vida espartana, não permitem que nada interfira com os seus objetivos.

O QUE VOCÊ PRECISA SABER AO INICIAR UM TRATAMENTO COM FLORAIS?

Todos nós sabemos dos resultados catastróficos da auto-medicação. Os Florais de Bach são naturais mas, isso não significa que não tenham efeitos colaterais. Sendo assim não se baseie na prévia acima para se automedicar. O que foi colocado aqui, é apenas uma apresentação desses maravilhosos florais.
Para se tratar com os florais procure um teprapeuta da sua confiança. Evite a “receita de bolo” pois, o que foi bom para um, para outro pode ser um veneno ou, simplesmente não fazer efeito. Para que uma fórmula seja eficaz, ela precisa estar adequada a você. A prescrição dos florais e o resultado do tratamento, depende de uma análise minuciosa da pessoa a ser tratada!

Saiba sobre o curso on-line em: http://leoacristica.wordpress.com/2011/01/15/curso-on-line-florais-de-bach/

Léa Cristina Ximenes
Terapeuta Facilitadora Universalista

E-mail: ximenes.andrade@gmail.com
Skype: lea.seraphisbey
Telefone: (13) 3477 9813

Comente e compartilhe!

Publicado 15/01/2011 por leoacristica em Florais

Etiquetado com , , , , , , ,

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 69 outros seguidores